Tite chega ao Catar e pede para Fifa permitir 26 inscritos por seleção

O técnico Tite chegou a Doha, no Catar, na noite desta quinta-feira, véspera do sorteio que vai definir os rivais do Brasil na primeira da primeira fase da Copa do Mundo de 2022.

Em rápido contato com jornalistas brasileiros no saguão do hotel onde vai se hospedar, Tite deixou claro que gostaria de poder convocar 26 jogadores para o Mundial, em vez dos habituais 23.

“E quero todos no banco de reservas”, acrescentou.

A Fifa sorteia os grupos da Copa do Mundo de 2022 na próxima sexta, às 13h (de Brasília) com transmissão da Globo, SporTV e ge

Nesta sexta-feira, antes do sorteio, treinadores das 29 seleções já classificadas vão participar de uma reunião técnica para discutir o assunto.

Dirigentes da Fifa já dão como certo que as seleções vão poder inscrever 26 jogadores para a Copa do Mundo. Mas a entidade quer ouvir os treinadores antes de tomar uma decisão.

Há detalhes que precisam ser discutidos. Um deles é: os 15 reservas vão ficar todos no banco de reservas de cada jogo? Ou serão apenas os 12 de sempre e três terão que ser cortados em cada partida? Tite afirmou que vai defender a presença de todos no banco.

Outra dúvida a ser sanada é se essa medida vai valer apenas para esta Copa do Mundo específica ou se será algo permanente, para todas as outras edições do torneio.

A Fifa entende que, para o Mundial do Catar, disputado num contexto de “quase-pós-pandemia”, a medida faz sentido, afinal todos os outros torneios permitiram um aumento no número de jogadores inscritos.

Outra mudança em relação a outras Copas do Mundo, mas esta já decidida, é o aumento para cinco substituições por jogo, em vez das habituais três.

Fonte: Ge

Foto: Victor Pozella

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.