PT quer resolver federações antes da janela partidária

Lideranças do PT querem que as negociações para a possível aliança com outras siglas de esquerda sejam concluídas antes de 1º de abril, quando acaba a janela partidária – período em que deputados podem mudar de sigla sem risco de perder mandatos.

De acordo com o Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, caciques do PT querem dar tempo para que parlamentares do PSB possam trocar de legenda, caso a federação entre as duas siglas não se concretize. Eles explicam que deputados do PSB já afirmaram, nos bastidores, que pretendem trocar de partido caso a federação entre os dois partidos não seja concretizada.

Nesse cenário, dizem essas lideranças, será necessário dar uma resposta sobre os rumos da união partidária a tempo de permitir uma troca de sigla. Seja para o próprio PT, seja para outras siglas da federação. Além do PSB, os petistas negociam a formação de uma federação partidária com o PCdoB e PV.

Hoje, o PT aposta que o PSB estará no mesmo palanque que o ex-presidente Lula, mas a federação em si é uma incógnita, devido ao grande número de variantes que surgem a cada conversa sobre os palanques estaduais. Além disso, a lista de exigências apresentada pelo presidente do PSB, Carlos Siqueira, não foi bem recebida entre petistas. Algumas demandas foram consideradas “absurdas”.

No início de fevereiro, o STF validou a constitucionalidade das federações partidárias e definiu que o prazo para a formalização da união fosse estendido até 31 de maio. Antes, o prazo se encerrava junto da janela partidária.

Fonte: Bahia Notícias

Foto: Reprodução / Luciana Lima-Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.