Produtores rurais perdem acesso a créditos após Decreto de Emergência nas áreas afetadas pela estiagem

Após o Decreto de Situação de Emergência nas áreas afetadas pela estiagem, publicado pela Prefeitura de Feira de Santana no Diário Oficial Eletrônico em 09 de fevereiro deste ano, produtores rurais  do município perderam acesso a créditos e financiamentos. A informação é do vereador Silvio Dias (PT) que, na sessão de terça-feira (22), comunicou a decisão do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura Familiar de Feira de Santana em promover um estudo para “entender onde existiu esta estiagem na cidade”. 

Ao contestar a medida adotada por Colbert Martins, Silvio Dias lembrou das fortes chuvas que caíram no município durante as primeiras semanas do ano. Sem identificar as localidades que sofreram com a suposta estiagem neste período, o vereador afirmou: “Esse Decreto absurdo vai ser alvo de um estudo do Sindicato, porque, o efeito do excesso de chuva na cidade é o contrário. No momento que ele foi baixado, trouxe um prejuízo para o nosso trabalhador rural que perdeu acesso aos créditos”.

Fonte: ASCOM/Feira

Foto: ASCOM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.