Problemas da educação na zona rural são maiores do que na cidade

Se na zona urbana a educação vive uma situação de caos, conforme disse a presidente da APLB Feira de Santana, na sessão da Câmara Municipal desta quarta-feira (23), na zona rural os problemas são bem mais graves. A avaliação é do vereador Jurandy Carvalho (PL), que denunciou a ausência de unidades escolares estaduais nos distritos de Matinha e Tiquaruçu e pediu tratamento igualitário

“Somos relegados ao terceiro plano”, atestou Jurandy, que é filho de professora que sempre estudou em escola pública, ao manifestar solidariedade à categoria. “Queremos educação de qualidade e é preciso lembrar que é da zona rural que vem o alimento, o combustível”. Ele ainda criticou o modelo de salas multiseriadas adotado em Jaguara.

Fonte: ASCOM/Feira

Foto: ASCOM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.