Prefeito negocia reajuste salarial de 4% com profissionais em educação de Feira de Santana

Em reunião com representantes dos profissionais em educação da Rede Municipal de Ensino, o prefeito Colbert Martins negocia, na manhã desta quarta-feira (06), o reajuste de 4% além do piso salarial. A informação é do vereador governista José Carneiro (MDB), que defende o fim da greve deflagrada em 31 de março. “Entendo que é inoportuna porque o presidente deu um aumento de 33% no piso salarial a nível nacional. Aqui, a APLB quer mais 33%. Isso é um absurdo, é uma greve política”.

Ao contestar as pautas da categoria, José Carneiro afirma que as demandas “extrapolam qualquer ideia daqueles que reconhecem os direitos e reivindicações justas do professorado”. Segundo o parlamentar, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APLB) favorece o Governo do Estado e não reivindica suas pautas junto a este. “Os interesses particulares são mais fortes do que os coletivos”.

Fonte: ASCOM/Feira

Foto: ASCOM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.