Operação Feira Quer Silêncio apreendeu sete equipamentos sonoros

A operação de combate à poluição sonora realizada entre quinta-feira, 24, e este domingo, 27, em Feira de Santana, resultou na apreensão de sete equipamentos sonoros. Uma pessoa foi encaminhada pela Polícia Militar à delegacia por desobediência.

O Feira Quer Silêncio atendeu os seguintes bairros: Lagoa Salgada, George Américo, Mangabeira, Tomba, Queimadinha, Panorama, Campo Limpo, Gabriela e o Calumbi.

É considerado abuso o volume do som acima de 70 decibéis, de dia, e de 60 decibéis, à noite, conforme a Lei Complementar nº 120/18

SOM LEGAL

Vale destacar que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) implantou as visitas programadas para aferir o volume do som. O dono de bar pode comparecer no órgão municipal e solicitar este serviço.

Na data programada, que deve coincidir com a data de realização de um show, fiscais do órgão aferem precisamente o volume sonoro com uso de um decibelímetro.

A ideia deste projeto piloto é que os estabelecimentos cumpram a legislação ambiental e evitem a perturbação da ordem pública. Aqueles que se adequarem vão receber o selo Som Legal.

Denúncias de poluição sonora podem ser feitas pelo canal Fala Feira 156 ou pelos telefones 153 (Guarda Municipal) e o 190 (Polícia Militar).

Fonte: Secom/Feira

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *