Governo vai construir 31 sistemas de abastecimento em municípios das microrregiões do Vale do Paramirim e do Algodão

O Governo da Bahia, por meio da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), deu início ao processo licitatório para a construção de 31 sistemas de abastecimento de água distribuídos em diversas localidades dos municípios de Aracatu, Botuporã, Contendas do Sincorá, Érico Cardoso, Guajeru, Jussiape, Macaúbas, Malhada de Pedras, Palmas de Monte Alto, Paramirim, Pindaí, Rio do Antônio, Rio do Pires, Sebastião Laranjeiras, Tanhaçu e Urandi, beneficiando 2.067 famílias.

Os novos sistemas serão construídos pela Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento (Cerb), vinculada à SIHS, e terão captação de água através de poços e mananciais superficiais, aproximadamente 34 quilômetros de adutoras, 190 quilômetros de redes de distribuição, tratamento de água via sistemas de cloração, casa de química, dessalinizador, filtro de fluxo ascendente, filtro redutor de ferro e ortopolifosfato, além de 51 reservatórios e 2.067 ligações domiciliares.

A licitação teve início neste mês de fevereiro, depois da definição da empresa ganhadora. As obras terão prazo de conclusão de 210 dias após a ordem de serviço.

“Alavancar os investimentos para a ampliação dos índices de saneamento no meio rural é um compromisso do Governo da Bahia. Para isso, através da Cerb, serão investidos cerca de R$ 800 milhões para o aumento da cobertura dos serviços de abastecimento de água, visando à melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento sustentável na zona rural do estado. Somente para a construção de sistemas de abastecimento de água, a previsão é de que sejam investidos cerca de R$ 500 milhões”, destacou o titular da SIHS, Leonardo Góes.

Fonte: Ascom/SIHS

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *