Feira Quer Silêncio intensifica o combate a poluição sonora na Fraga Maia

Donos de estabelecimentos comerciais estão sendo orientados pela Semmam – Foto: Divulgação

Devido ao abuso no volume do som e como medida para evitar a perturbação do sossego de moradores da avenida Francisco Fraga Maia e dos bairros Parque Ipê e conjunto Feira V, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) deu início a ação educativa com donos de bares localizados nessa região.

O intuito é que os estabelecimentos se adequem e respeitem a legislação ambiental de combate à poluição sonora. Somente neste mês, o órgão municipal já emitiu 20 notificações a bares na Fraga Maia, inclusive trailers, que promoviam shows com bandas.

Em reunião nesta terça-feira, 8, apenas quatro dos 18 responsáveis por esses estabelecimentos convocados compareceram ao encontro na Semmam.

“A intenção da Prefeitura é conscientizá-los para buscar o alinhamento de conduta. Inclusive há bares que são alvo de inquérito no Ministério Público”, afirma a secretária interina da pasta, Cleane Oliveira.

De acordo com a secretária, as operações Feira Quer Silêncio serão intensificadas na avenida Fraga Maia assim como em outros locais da cidade com grande concentração de bares e restaurantes. “Identificamos estabelecimentos em que o som estava na calçada. Estes espaços que se propõe a realizar shows terão que se adequar”, enfatiza.

Outra orientação é que evitem o uso de baterias, uma vez que o som se propaga com facilidade. “Nesse primeiro momento o trabalho será de conscientização. Caso não se adequem, serão passíveis de aplicação de multas”.

FISCALIZAÇÃO

A operação Feira Quer Silêncio prossegue entre esta quinta-feira, 10, a domingo 13, percorrendo as principais avenidas e bairros. A população pode denunciar o abuso sonoro através do aplicativo Fala Feira 156.

Somente no último final de semana, o Departamento de Fiscalização da Semmam apreendeu nove aparelhagens de som. Além disso, foram emitidas três notificações, sendo duas delas para estabelecimentos que tiveram eventos encerrados. Outra foi a um proprietário de veículo.

Fonte: Secom/Feira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *