Feira promove fórum com a comunidade para conquista do Selo Unicef

O compromisso com a política de atenção à criança e ao adolescente é prioridade da Prefeitura de Feira de Santana. A fim de melhorar cada vez mais os indicadores, o município realiza o 1º Fórum Comunitário do Selo Unicef, edição 2021-2024.

O primeiro dia do evento reuniu pais e adolescentes na Estação Cidadania-Cultura (ECC), no bairro Fraternidade, nesta quinta-feira, 3. A programação segue até terça-feira, 8 – confira ao final da matéria.

O prefeito Colbert Filho participou da abertura do evento e destacou que o encontro com a comunidade para ouvir seus anseios é um mais um importante passo para fortalecer a rede de assistência social, inclusive nas áreas da Saúde e Educação.

“Estamos ouvindo os jovens. São eles que vão sugerir e nos auxiliar na elaboração da proposta que será levada à Organização das Nações Unidas (ONU) e assim conquistamos esse reconhecimento internacional”, afirmou.

De acordo com a articuladora municipal do Selo Unicef, Loane Santana, a inciativa representa o compromisso da gestão municipal em manter as políticas públicas pela infância e adolescência.

“O fórum faz parte da metodologia para concorrer ao Selo Unicef. Vamos discutir todas as questões voltadas para este público, com a participação deles, onde vamos discutir e elaborar um plano de ação e novas atividades a serem desenvolvidas”, explica a articuladora.

O Selo Unicef é um certificado concedido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) aos municípios pelo trabalho desenvolvido para a garantia dos direitos, defesa e qualidade de vida de crianças e adolescentes.

“Este é um momento de reflexão, análise e diagnóstico, como também de projetar processos para que possamos conduzir o futuro dessas crianças e adolescentes que estão precisando do apoio, tanto social como educacional e de saúde”, destacou o secretário de Desenvolvimento Social, Antônio Carlos Borges Júnior.

Ainda de acordo com o gestor da pasta, serão quatro fóruns realizados nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) que dispõe de Estações Cidadania-Cultura (ECC), onde será lançado à comunidade o Núcleo de Cidadania do Adolescente (NUCA), um espaço para o protagonismo juvenil e a participação cidadã de adolescentes.

“Neste local eles poderão receber apoio para que se expressem, opinem e desenvolvam conhecimentos, colaborando com ideias para o crescimento do município. Adolescentes de 13 a 18 anos podem participar após realizar a inscrição na própria unidade”, explica o secretário.

Programação
Sexta-feira, 4, às 9h30, na Estação Cidadania-Cultura do bairro Jardim Acácia.
Segunda-feira, 7, às 13h30, na Estação Cidadania-Cultura do bairro Aviário.
Terça-feira, 8, às 13h30, na Estação Cidadania-Cultura do bairro Cidade Nova.

Ouça aqui o podcast.

Fonte: Secom/Feira

Foto: ACM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.