Colbert Filho faz apelo à paz e pede que feirenses se mobilizem contra onda de violência

Diante da escalada de violência em Feira de Santana nos últimos meses, em pronunciamento na manhã desta terça-feira, 1º, o prefeito Colbert Martins Filho fez um apelo à paz e convocou a sociedade civil organizada a se mobilizar contra a violência.

No último domingo, 27, uma família foi assassinada dentro de casa no bairro Campo Limpo. Jéssica Souza da Cruz, de 28 anos; Pedro José Correia dos Santos, de 36 anos; e a filha do casal, Mayla da Cruz Correia, de 11 anos.

“Eles estavam no lugar que a gente considera mais seguro: dentro de casa”, observou o prefeito.

Este ano, além de Mayla, outra criança foi assassinada, desta vez no bairro Aviário, a pequena Kethellen Mayane Bispo França, de 2 anos.

Apenas nos dois primeiros meses deste ano, 50 pessoas já foram mortas no município. Em 2021 foram 370 homicídios. Somente domingo e segunda-feira foram seis assassinatos na cidade.

“Essas mortes que acontecem todos os dias na zona urbana e rural, numa violência que não tem limite e não respeita absolutamente nada, provocam um medo que invade e toma conta de todos nós. Parece que estamos vivendo uma situação sem controle. É preciso mobilização e indignação. Peço ao povo feirense se mobilize. Feira merece paz”, destacou Colbert Filho.

De acordo com o vice-prefeito, Fernando de Fabinho, o apelo não tem uma bandeira partidária ou política, mas sim um único propósito que é conquistar a segurança e paz no município, inclusive dentro de casa.

“Pedimos a todos que se sentem incomodados e inquietos com a falta de segurança que nos unamos. Todas as pessoas com interesse em lutar pela paz do município precisam se posicionar contra a violência. Estamos apenas usando a nossa condição para fazer este apelo, mas não temos a bandeira política”, enfatizou.

Ouça aqui o podcast.

Fonte: Secom/Feira

Foto: ACM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *